Fazer cotação
Notícias 22/03/2022

Destruição do maior avião de carga Antonov-225 Mriya

Postado por: Alex Heleodoro

img-news

No domingo de 27/02/2022, alguns dias após o início do fatídico conflito entre a Rússia e a Ucrânia, o maior avião de carga do mundo, o Antonov-225 Mriya foi extremamente avariado em um bombardeio. 

Em uma guerra as perdas podem ser inúmeras: desde vidas de inocentes a locais e monumentos históricos, além de também estar em risco patrimônios importantes à sociedade. 

E dessa vez a grande perda foi um dos maiores marcos da aviação da atualidade. Neste artigo entenderemos um pouco mais sobre esse avião e sua destruição, portanto continue a leitura e veja mais detalhes do incidente.


O Ataque

Através de uma reportagem jornalística Russa, o globo foi apresentado à destruição do Antonov-225 Mriya (maior avião de carga), o até então detentor do título de maior avião de transporte de cargas do mundo.

O veículo foi severamente danificado no dia 27/02 após o bombardeio no aeroporto de Gostomel, nas proximidades de Kiev, a capital ucraniana.

No vídeo apresentado pela TV Russa, é possível ver toda a estrutura da aeronave carbonizada e danificada, estacionada em um hangar completamente incinerado, repleto de destroços e restos de artilharia no chão. 

Ainda não se sabe de quem é a responsabilidade pela destruição do veículo, pois ambos os lados do conflito apontam veemente que o culpado foi o adversário. Russos indicam que foram atiradores Ucranianos, já o Governo Ucraniano aponta que foi um bombardeio Russo.

Acompanhe no vídeo a seguir as imagens feitas pela TV estatal Russa no respectivo hangar do aeroporto de Gostomel apresentando o Antonov-225 Mriya destruído.

 

Sobre o Antonov-225 Mriya (maior avião de carga)

O avião, apelidado pela OTAN de Cossack, foi criado na década de 1980 e possuía impressionantes 84 metros de comprimento (da ponta onde fica localizada a cabine dos pilotos até à cauda) e também tinha capacidade para comportar cerca de 1,5 mil pessoas.

Além disso, também era utilizado muito como transporte de cargas, suportando até incríveis 250 toneladas. Já de largura, ou seja, da ponta de uma asa até a extremidade da outra, tinha 88,4 metros, distância que caberia perfeitamente um prédio de quase 30 andares.

Além disso, o avião possuía 6 motores e 32 pneus em seus trens de pouso e foi responsável por inúmeros transportes de cargas importantes em todo o mundo.

O Antonov-225 Mriya foi inicialmente projetado durante o Programa Espacial da União Soviética e visava ser o principal transporte para cargas de grande porte, tendo como um dos principais exemplos foguetes espaciais. 

Ironicamente, Mriya em ucraniano pode ser traduzido como “Sonho” ou “Inspiração” e simbolicamente sua destruição foi lida como um ataque ao sonho ucrâniano, fator ressaltado pelo ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba:

“Esta foi a maior aeronave do mundo, AN-225 ‘Mriya’. A Rússia pode ter destruído nosso ‘Mriya’ (sonho). Mas nunca poderão destruir o nosso sonho de um Estado europeu forte, livre e democrático. Vamos prevalecer!”  — palavras do ministro.

 

Reparação de Danos

Estima-se que o reparo do Antonov-225 Mriya pode ficar na faixa de US $3 bilhões e levar mais de cinco anos para concluir a reparação dos danos feitos durante a Batalha do Aeroporto de Gostomel (como o evento bélico ficou conhecido).

Os representantes ucrâniano estão voltando seus esforços a garantir que os custos dos reparos sejam feitos pelo governo Russo, mas até o desenrolar dos próximos eventos da Guerra, não tem-se definido o rumo que isso poderá tomar.

 

Consequências Econômicas

Graças a seu grande tamanho e projeção, o Antonov-225 Mriya era um importante meio de importações e exportações, sendo responsável por conduzir o transporte de peças e materiais de grande porte fundamentais para diversas empresas e indústrias ao redor do globo.

Com o avião era possível transportar cargas que em outros veículos e meios de transporte não era possível, por exemplo por vias terrestres ou marítimas, por conta do grande peso ou tamanho descomunal das peças transportadas.

Com a perda do avião, perde-se a possibilidade de fazer transportes de grande escala como esses, deixando os processos mais lentos, caros e muitas vezes inviáveis, o que pode afetar bastante a economia e produções futuras.

 

Quer entender mais sobre o transporte de mercadorias, exportações e importações e relações comerciais com países estrangeiros? Então não hesite em contar com a ajuda da equipe da Marco Polo Multimodal através deste link.

Se preferir, entre em contato conosco pelo endereço de e-mail comercial@marcopolomultimodal.com.br ou nos chame no WhatsApp no número (48) 9 9983-0474.

Ficaremos muito contentes em te ajudar! ?