Fazer cotação
Marítimo 20/09/2022

Embarque marítimo LCL: Entenda tudo a respeito!

Postado por: Alex Heleodoro

img-news

Acompanhe este artigo e descubra tudo que você precisa saber sobre como é realizado o embarque marítimo LCL e suas vantagens e aproveite para tirar suas dúvidas a respeito.

Existem várias modalidades no transporte marítimo internacional que o exportador ou importador poderá optar para fazer o embarque de suas mercadorias. 

O transporte marítimo LCL, por exemplo, é uma das modalidades de transporte internacional mais utilizadas para se realizar exportações e importações.

Neste artigo, vamos entender como funciona essa modalidade de transporte, as vantagens e as taxas envolvidas. Confira!

 

O que é o marítimo LCL?

O transporte marítimo LCL, quer dizer: Less Container Load, ou seja, uma modalidade de transporte marítimo internacional que é utilizada pelo exportador ou importador quando o mesmo não possui a quantidade suficiente de carga para encher um container, por isso necessita que a cobrança de frete marítimo internacional seja realizada conforme o peso e dimensões de sua carga é considere que cada carga dentro do container, seja considerada como embarque independente.

Também conhecido como consolidação de cargas, atualmente é uma modalidade de transporte marítimo internacional de fácil contratação e que atende praticamente todos os países.

A maior vantagem desta modalidade de transporte marítimo é que o custo do frete internacional e suas taxas de origem e destino, podem ser divididos entre todos os exportadores ou importadores que possuem cargas consolidadas no mesmo container.

Outro ponto importante a ser avaliado é que após a chegada da carga, o container é desovado, eliminando o risco de demurrage ao importador.

Como em outros modais de transporte internacional, é de extrema importância que os importadores de cargas consolidadas, contratem um despachante aduaneiro confiável para antecipar os procedimentos do despacho aduaneiro após a desova do porto de destino.

Com a antecipação dos procedimentos para o despacho aduaneiro, o despachante poderá organizar o processo de liberação da carga com agilidade reduzindo os custos de armazenagem no terminal de destino que normalmente é um de responsabilidade de cada importador. 

 

Quais as taxas cobradas para os embarques marítimos LCL?

Apesar do volume e peso dos embarques de cargas consolidadas LCL ser normalmente inferior ao dos embarques de cargas em contêineres completos FCL, existem muitas taxas similares e com cobranças variáveis conforme peso bruto, por metro cúbico, por quantidade de HBL emitidos ou outras formas de cobrança.

Assim, as taxas que normalmente cobradas no marítimo  LCL são:

 

  • Frete marítimo internacional LCL: Frete básico, geralmente com cobertura porto a porto e é cobrado por metro cúbico ou tonelada.
  • Liberação de BL: Taxa cobrada devido a emissão do BL ao exportador ou importador, geralmente cobrado por emissão BL.
  • Desconsolidação: Taxa cobrada pelo Agente de Carga internacional para manuseio da documentação e custos administrativos (ligações internacionais, remessa de documentos, custos administrativos etc.).
  • Capatazia:  A taxa de Capatazia, também é conhecida como THC (Terminal Handling Charge – Taxa de Manuseio do Terminal).  A Capatazia é o valor cobrado pelo serviço de movimentação de mercadoria que é realizado nas instalações portuárias. No transporte marítimo LCL é  cobrado por metro cúbico ou tonelada.
  • TEC: A taxa de estufagem de container (A estufagem, também chamada de ovação é o serviço de acondicionamento da mercadorias no container)
    A taxa TEC no transporte marítimo LCL é cobrado por metro cúbico ou tonelada
  • Desova:  A taxa de Desova de container (A desova, também chamada de desestufagem é o serviço de descarregamento da mercadorias do container)
    A taxa de Desova no transporte marítimo LCL é cobrado por metro cúbico ou tonelada
  • ISPS: A taxa  ISPS (International Security and Port Security) é uma taxa cobrada devido ao código internacional de segurança de navios e instalações portuárias, para controle de acessos e monitoramento, cobrados pelos terminais e companhias marítimas.  Taxa normalmente cobrada nos embarques LCL por emissão BL.
  • TSF (Terminal Security Fee) é uma taxa cobrada devido ao código internacional de segurança de navios e instalações portuárias, para controle de acessos e monitoramento, cobrados pelos terminais e companhias marítimas.  Taxa normalmente cobrada nos embarques LCL por emissão BL.
  • TRS: A taxa TRS (Taxa de Registro de Siscarga) é cobrada pela inclusão de informação da carga no sistema da Receita Federal denominado Siscarga.  Taxa normalmente cobrada nos embarques LCL por emissão BL
  • TRS: A taxa TRS (Taxa de Registro de Siscarga) é cobrada pela inclusão de informação da carga no sistema da Receita Federal denominado Siscarga.  Taxa normalmente cobrada nos embarques LCL por emissão BL

Atenção! Existem inúmeras outras  taxas cobradas nos terminais de embarque e de desembarque e estas taxas não possuem padrão específico, dependem das condições operacionais de cada prestador de serviço ou agente de cargas internacionais.

 

Quais as vantagens para o embarque marítimo LCL?

Existem muitas as vantagens da modalidade de transporte marítimo internacional LCL  para o exportador ou importador, vamos mencionar algumas abaixo.

 

  1. Frete internacional com preço justo – Uma vez que a cubagem e o peso da mercadoria são a base para o cálculo do frete internacional, o custo ao exportador ou importador são mais justos, porque a cobrança é realizada pela carga embarcada e não por container;

  2. Gestão da Estufagem e Desestufagem facilitada: A responsabilidade sobre a estufagem e a desestufagem são do agente de cargas internacionais, o exportador ou importador não precisam se preocupar em contratar o serviço com os terminais portuários;


  3. Frequência de embarque e ganho no fluxo financeiro: Quando o exportador ou importador armazena cargas para embarcá-las no marítimo FCL, acabam também diminuindo seu poder de venda ou compra, já que as mercadorias estão paradas em algum depósito e o fluxo financeiro também está parado. O dinheiro de suas exportações está parado em seu depósito esperando o embarque ao importador ou o seu dinheiro está parado no depósito do exportador, esperando outras mercadorias ficarem prontas para o embarque no marítimo FCL. Quando os embarques acontecem no marítimo LCL logo após a produção, seus processos acabam tendo fluidez e o custo financeiro é diminuído. Já que ele está sempre embarcando ou recebendo mercadorias e com isso sua necessidade de crédito poderá diminuir;


  4. Riscos menores de detention ao exportador –  Como a estufagem das mercadorias é de responsabilidade do terminal e do agente de cargas, os custos de detention são de responsabilidade dos mesmos;

  5. Riscos menores de demurrage ao importador –  Como a desestufagem das mercadorias é de responsabilidade do terminal e do agente de cargas, os custos de demurrage são de responsabilidade dos mesmos;

  6. Riscos menores de avarias nos containeres –  Como a estufagem e a desestufagem das mercadorias é de responsabilidade do terminal e do agente de cargas, os custos de avarias são de responsabilidade dos mesmos;


  7. Maior controle sobre a operação de estufagem e desestufagem – Na modalidade de transporte marítimo LCL, normalmente os terminais contratados são terminais especializados, que possuem estrutura e conhecimento para a movimentação de praticamente todo o tipo de carga, consequentemente o risco de avarias são menores, porém se avarias acontecerem estes terminais possuem seguros que poderão indenizar o exportador ou o importador;

 

Há desvantagens com a consolidação de cargas?

Seja qual for o negócio, sempre haverá o lado bom, bem como terá o lado ruim, o que não será diferente no caso da consolidação das cargas.  É claro que devemos analisar qual predomina, seja as vantagens ou as desvantagens.

Então, vamos às desvantagens do embarque marítimo LCL:

  1. Tempo de trânsito – O tempo de trânsito poderá ser maior que o marítimo FCL;
  2. Restrição de embarque conforme o tipo de carga –  Cargas muito frágeis, Cargas perecíveis, Cargas de alimentos ou Cargas superdimensionadas normalmente não pode ser embarcadas no marítimo LCL;

Dica de leitura:  diferença entre Ovação e Desova

No artigo, ficou claro que para o embarque marítimo LCL há mais vantagens que desvantagens. Então, agora é se estruturar, planejar, procurar o time Marco Polo Multimodal e começar a usufruir dos embarques LCL.

Precisa de algum auxílio para colocar em prática o Embarque marítimo LCL em sua operação?!  Então não hesite em contar com a ajuda dos nossos especialistas da Marco Polo Multimodal através deste link.

Caso prefira, entre em contato conosco pelo endereço de e-mail comercial@marcopolomultimodal.com.br ou nos chame no WhatsApp no número (48) 9 9983-0474.

Ficaremos muito contentes em te ajudar! ?