Fazer cotação
Armadores no comércio exterior. FCL e LCL qual o significado
Marítimo 18/10/2022

FCL e LCL qual o significado destas siglas?

Postado por: Alex Heleodoro

img-news

Veja qual o significado de FCL e LCL. Acompanhe este artigo e descubra tudo que você precisa saber sobre a Logística no comércio exterior e aproveite para tirar suas dúvidas a respeito.

O transporte marítimo internacional compreende uma série de modalidades e métodos para o transporte de cargas de importação ou exportação.

Atualmente o transporte marítimo é o modal mais relevante para a estratégia de negócios internacionais, cerca de 90% do comércio mundial é movimentado pela indústria marítima.

Por tanto,  é aconselhável que você tenha em sua equipe pessoas que estejam por dentro desse modal de transporte e suas modalidades para o transporte de suas cargas.

O que são as siglas FCL e LCL?

A sigla FCL, é conhecida como Full Container Load, que significa Contêiner Totalmente Carregado, este tipo de transporte é realizado quando a quantidade de mercadoria consegue ocupar todo o espaço do container.

Há também situações em que não se ocupa todo o espaço do container, mas o transporte deve ser realizado desta maneira por causa da mercadoria exigir tal tipo de transporte, o que é o caso das mercadorias frágeis, com difícil manuseio e de cifras elevadas.

Nesta modalidade de transporte, o exportador ou importador tem a certeza que a sua carga irá ser transportada isolada e, com isto, não será manipulada por terceiros, ocasionando assim uma maior preservação da carga, no tange a avarias ou sinistros.

A sigla LCL, quer dizer: Less Container Load,  também é conhecida como Carga Solta ou Consolidada é uma modalidade de transporte internacional interessante quando uma carga não é suficiente para preencher um contêiner na totalidade.

A maior vantagem desta modalidade LCL é que o custo total do frete é reduzido, uma vez que todas as taxas são divididas entre todos os exportadores ou importadores, já que cada um paga somente pelo espaço em metro cúbico ou tonelada utilizado dentro do container.

Aproveite e confira nosso texto sobre a diferença entre Ovação e Desova

Quais as diferenças entre FCL e LCL?

Quando o assunto é sobre as características dessas duas modalidades, podemos fazer uma lista de distinções. Veja abaixo alguns detalhes:

1. Entrega da carga no porto, antes do embarque no navio

A carga transportada na modalidade LCL, tem necessidade de ser colocada no porto com maior antecedência, uma vez que há a necessidade de consolidação com outras cargas para viabilizar o transporte do container.

Já a carga transportada na modalidade FCL, não tem essa necessidade uma vez que a carga será transportada sozinha no container.

2. Tempo de trânsito

Na maioria das vezes, a modalidade FCL tem seu tempo menor que o LCL, em virtude que no FCL a carga não possui a necessidade de consolidação com outras cargas no porto de embarque e a desconsolidação no porto de destino.

3. Desembarque no porto de destino

A carga transportada na modalidade FCL, como é transportada sozinha, não possui a necessidade de desconsolidação e desova pelo terminal de destino e consequentemente é disponibilizada para a realização do Despacho aduaneiro com maior agilidade.

A carga transportada na modalidade LCL, como foi consolidada com várias outras cargas, poderá ter uma demora maior para ser disponibilizada para a realização do Despacho aduaneiro, devido a necessidade de desconsolidação e desova no terminal de destino.

4. Segurança

A carga transportada na modalidade FCL, pode ser estufada no endereço do exportador e ser desovada no endereço do importador.

Como o exportador é conhecedor das características da carga e das embalagens, normalmente ele consegue realizar uma melhor estufagem e amarração da carga no container e com isso a carga terá um menor risco de avarias no trajeto até o endereço de entrega do container.

A carga transportada na modalidade LCL, necessita ser estufada no terminal de consolidação e com isso poderá sofrer avarias na estufagem e desova do container. Na modalidade LCL, as embalagens devem ser reforçadas para minimizar os riscos de avarias.

5. Risco de detention e demurrage

O risco de detention ou demurrage do container na modalidade FCL é maior, porque após a liberação do container pelo agente de cargas.

A responsabilidade sobre o container e exclusiva do exportador ou do importador e consequentemente qualquer demora na exportação ou na importação que extrapole os prazos livres para utilização do container, poderão gerar a cobrança das taxas de detention ou demurrage.

Dica de leitura: Demurrage e Detention – Entenda a diferença

A carga transportada na modalidade LCL, dificilmente gerará as taxas de detention ou demurrage ao exportador ou importador, porque a responsabilidade sobre o container e do agente de cargas.

6. Custos

Normalmente a carga transportada na modalidade LCL tem seu valor de frete internacional cobrado pelo peso bruto ou pela cubagem da carga que está sendo transportada. Dependendo do peso e da cubagem, o frete internacional poderá ser maior que na modalidade FCL.

Na modalidade FCL, o frete internacional é calculado por container. Dependendo do peso e da cubagem da mercadoria, o transporte poderá ser realizado em containeres de 20’SD, 40’SD ou 40’HC ou até em contêineres especiais.

Como vimos acima, o transporte marítimo oferece uma série de possibilidades para importadores e exportadores. Porém, é sempre importante considerar todas as variáveis deste tipo de modal.  A parceria com um agente de cargas que possa esclarecer todas as suas dúvidas é de extrema importância.

 

Ficou com alguma dúvida sobre o significado das siglas FCL e LCL? Então não hesite em contar com a ajuda dos nossos especialistas da Marco Polo Multimodal através deste link.

Se preferir, entre em contato conosco pelo endereço de e-mail comercial@marcopolomultimodal.com.br ou nos chame no WhatsApp no número (48) 9 9983-0474.

Ficaremos muito contentes em te ajudar!

Cooperação em SEO.