Fazer cotação
Marítimo 22/02/2023

FTL E LTL: Descubra a diferença para o transporte rodoviário internacional

Postado por: Gabriela Soares

img-news

Acompanhe este artigo e descubra tudo sobre o que significa as siglas FTL e LTL no modal rodoviário internacional. Aproveite para tirar suas dúvidas a respeito.

O Transporte rodoviário internacional é o modal que utiliza as estradas, rodovias e vias de acesso entre os países para transportar as cargas de exportação ou importação.

Este tipo de transporte, seja para importação ou exportação, também é muito utilizado em outros países.

Este modal de transporte é muito utilizado no comércio exterior e é de suma importância na hora de fazer seu planejamento. Dependendo do tipo de negociação que você está realizando e o tipo de carga que será transportada, você pode optar por duas modalidades de transporte rodoviário internacional que são identificadas pelas siglas FTL ou LTL.

Acompanhe este artigo e descubra tudo que você precisa saber sobre o que significa as siglas FTL e LTL no modal rodoviário internacional e aproveite para tirar suas dúvidas a respeito.

 

O que são as siglas FTL e LTL?

A sigla FTL, vem do inglês, Full Truckload, significa que a carga de somente um exportador ou importador completará o caminhão ou carreta.

O FTL também é chamado de carga dedicada, ou caminhão cheio.

A sigla LTL, em inglês Less than Truckload, ou seja, o exportador ou importador não tem carga suficiente para ocupar a capacidade total do caminhão ou carreta.
O volume transportado é menor que a capacidade de transporte do caminhão. O LTL também é conhecido como carga fracionada, no qual o transporte é compartilhado por várias empresas.

Curiosidade: No Brasil, o LTL também é chamado de transporte fracionado ou carga fracionada, uma vez que o espaço destinado a mercadoria é menor que o tamanho onde será transportada a carga.
No transporte de carga fracionada, as transportadoras precisam reunir vários clientes que possuam cargas com características semelhantes e com o mesmo destino para dividir os custos do transporte.

 

Qual contratar: FTL ou LTL?

Neste ponto, vale observar qual opção deverá ser adequada ao tamanho da mercadoria e a escolha do importador ou exportador. Tal decisão caberá ao proprietário da mercadoria, levando em consideração o tipo de transporte e outras necessidades operacionais e comerciais.

A também situações que a própria carga necessita de uma logística diferenciada e somente pode ser embarcada do FCL ou no LCL.

Curiosidade: Atualmente os serviços de transporte FTL e LTL possuem rotas para exportações ou importações entre o Brasil e a Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai, Uruguai e Peru.

Posso levar várias mercadorias no transporte FTL?

Apesar de ser um transporte de carreta dedicada, esta pode ser levada juntamente com as outras cargas. É apenas uma questão de logística e adequação entre o exportador ou importador.

Além do mais, não faria sentido o mesmo exportador ou importador fazer inúmeros fretes LTL, sendo que poderia realizá-lo em um único frete FTL, uma vez que os produtos podem ter sido coletados no mesmo endereço ou estão indo para o mesmo local de entrega.

Interessante: O processo FTL pode beneficiar o exportador ou importador, quando realizado com outro termo que cada vez mais alguns setores da indústria buscam utilizar, que é o processo chamado Milk Run.

Na verdade o Milk Run pode se confundir com o também com o LTL, já que existe uma consolidação de cargas. Mas o Milk Run não é um serviço aberto ao mercado, é uma consolidação dedicada a uma empresa contratante ou um processo logístico montado para atender uma determinada necessidade de um exportador ou importador.

O Milk Run normalmente diminui o custo do frete, por conseguir fazer o veículo utilizar toda sua capacidade.

Ele também ajuda a criar uma dinâmica mais disciplinada entre os exportadores e importadores, diminui o tempo ocioso de veículos e reduz os estoques dos exportadores ou dos importadores.

 

Quais as vantagens do transporte internacional FTL e LTL?

Iniciaremos pelas vantagens do transporte internacional FTL, acompanhe:

  1. Tempo de trânsito mais preciso;
    Possibilidade de serviço porta a porta, sem a necessidade de contratação de um novo frete internacional;
  2. Menor risco de avarias, devido a menos manuseios da carga por terceiros;
  3. Diminuição com custo de embalagens;
  4. O custo do frete com menor risco de aumento, após a contração pelo exportador ou importador;
  5. Transporta praticamente todo o tipo de cargas (cargas a granel, cargas líquidas, cargas perigosas, cargas refrigeradas, cargas alimentícias, cargas químicas e cargas extras dimensionadas);;
  6. Possibilidade de utilização de apenas uma transportadora em todo o transporte ou seja contratação porta a porta;
  7. Normalmente tem um custo menor quando contratado porta a porta em comparação com os modais aéreo e marítimo;
  8. O despacho aduaneiro normalmente é mais rápido que o despacho aduaneiro dos modais aéreo e marítimo;
  9. Fácil conexão com ou outros modais de transporte;
  10. Aduanas nas fronteiras do Brasil são muitas, consequentemente o processo de cruze e despacho aduaneiro é facilitado. Se tivéssemos poucas fronteiras com aduanas, o trajeto do transporte seria maior e consequentemente o frete rodoviário internacional mais caro.

 

Agora, vejamos as vantagens do transporte LTL:

  1. Frete competitivo para pequenas e cargas médias, sendo o frete normalmente cobrando por tonelada ou metro cúbico;
  2. Normalmente tem cobertura de seguro contra acidentes e roubos no período em que a carga está em posse da transportadora. No modal aéreo e marítimo, o exportador ou importador sempre terá que contratar o seguro internacional de cargas.
  3. Maior eficácia e rapidez no transporte porta a porta em comparação ao marítimo e em algumas rotas até mesmo em relação ao transporte aéreo;
  4. Facilidade na entrega, permitindo a entrega diretamente no endereço do importador;, com a possibilidade de não haver transbordo em todo o trajeto percorrido pela carga;
  5. Facilidade na coleta, permitindo a coleta diretamente no endereço do exportador;
  6. Integração de regiões distantes. Em toda a América Latina, principalmente no interior dos países ,o acesso é, exclusivamente, por via terrestre;
  7. Redução do tempo de entrega, principalmente para curtas distâncias, reduzindo o índice de atrasos e imprevistos;
  8. O custo do frete com menor risco de aumento, após a contração pelo exportador ou importador;
  9. Possibilidade de utilização de apenas uma transportadora em todo o transporte ou seja contratação porta a porta;
  10. Normalmente tem um custo menor quando contratado porta a porta em comparação com os modais aéreo e marítimo;
  11. O despacho aduaneiro normalmente é mais rápido que o despacho aduaneiro dos modais aéreo e marítimo;
  12. Fácil conexão com ou outros modais de transporte;

Por fim, pode-se concluir que o Transporte Rodoviário Internacional é o modal que pode possibilitar competitividade às exportações e importações e flexibilidade nas negociações por se moldar com maior facilidade as operações realizadas pelos exportadores e importadores.

Assim, no que tange às vantagens do tipo de transporte a ser realizado, as operações FTL apresentam muitos benefícios em relação ao frete marítimo internacional, da mesma maneira podemos avaliar as exportações ou importações via modalidade LTL.

Gostou do conteúdo? Aproveite e confira também nosso artigo sobre: Transporte Rodoviário Internacional: alternativa aos portos.

Veja também outro artigo muito interessante que fala sobre as modalidades do transporte marítimo internacional FCL e LCL.

 

Agora se você gostou do nosso artigo e tem a necessidade de solicitar uma cotação de frete rodoviário internacional você pode acessar este link. Nossa equipe ficará muito feliz em respondê-lo.

Se preferir, entre em contato conosco pelo endereço de e-mail comercial@marcopolomultimodal.com.br ou nos chame no WhatsApp no número (48) 9 9983-0474.

Ficaremos muito contentes em te ajudar! ?

 

FTL E LTL: Descubra a diferença para o transporte rodoviário internacional