Fazer cotação
Multimodal e intermodal na logística: entenda as diferenças
Artigo 11/04/2023

Multimodal e intermodal na logística: entenda as diferenças

Postado por: Alex Heleodoro

img-news

Os modais de transporte são os diferentes meios utilizados para transportar pessoas e cargas de um lugar para outro. Cada modal apresenta vantagens e desvantagens, e a escolha do melhor modal depende de diversos fatores, como a distância a ser percorrida, o tipo de carga a ser transportada, a urgência da entrega, entre outros.

Principais modais de transporte

Os principais modais de transporte são: transporte aéreo, transporte rodoviário, transporte ferroviário, transporte marítimo e transporte fluvial. Veja abaixo os detalhes de cada modal e suas peculiaridades.

Transporte Aéreo

O transporte aéreo é utilizado principalmente para cargas urgentes e de alto valor agregado, como produtos eletrônicos e peças de reposição. Ele é o modal mais rápido e eficiente para longas distâncias, mas também o mais caro. O transporte aéreo é operado por companhias aéreas comerciais e cargueiras, que utilizam aviões de diferentes tamanhos e capacidades para transportar cargas e passageiros.

Transporte Rodoviário

Já o transporte rodoviário é o mais utilizado no Brasil, principalmente para o transporte de cargas de curta e média distância. Ele é realizado por caminhões e carretas, que podem transportar diferentes tipos de cargas, como alimentos, produtos químicos e materiais de construção. O transporte rodoviário é bastante flexível e pode ser adaptado de acordo com as necessidades do cliente, mas também é bastante suscetível a congestionamentos e acidentes.

Transporte Ferroviário

O transporte ferroviário é utilizado principalmente para o transporte de cargas a granel, como minérios, grãos e combustíveis. Ele é realizado por trens que circulam em trilhos próprios e podem transportar grandes volumes de carga. O transporte ferroviário é bastante eficiente e econômico para longas distâncias, mas apresenta limitações para o transporte de cargas de pequeno volume e para regiões sem acesso ferroviário.

Transporte Marítimo

O transporte marítimo é utilizado principalmente para o transporte de cargas de longa distância, como grãos, minérios, petróleo e produtos manufaturados. Ele é realizado por navios de diferentes tipos e tamanhos, que podem transportar grandes volumes de carga. O transporte marítimo é bastante eficiente e econômico para cargas de baixo valor agregado, mas apresenta limitações para o transporte de cargas de alto valor agregado e para regiões sem acesso marítimo.

Transporte Fluvial

O transporte fluvial é utilizado principalmente para o transporte de cargas em rios e lagos. Ele é realizado por barcos e balsas, que podem transportar diferentes tipos de cargas, como grãos, combustíveis e materiais de construção. O transporte fluvial é bastante eficiente e econômico para regiões com rios navegáveis, mas apresenta limitações para o transporte de cargas de alto valor agregado e para regiões sem acesso fluvial.

Recentemente, surgiram os conceitos de multimodal e intermodal, que se referem à combinação de diferentes modais para otimizar o transporte de mercadorias. No transporte  intermodal, as cargas são transportadas por diferentes modais, como caminhão, navio e avião, em um mesmo trajeto, utilizando diferentes operadores de transporte. Já no transporte multimodal, as cargas são transportadas por diferentes modais, mas sob a responsabilidade de um único operador de transporte, que realiza todo o planejamento e gerenciamento da operação.

Transporte Multimodal e Intermodal

O transporte multimodal e intermodal oferece diversas vantagens em relação aos modais isolados. Por exemplo, a combinação de diferentes modais pode reduzir o tempo de entrega e o custo do transporte, além de aumentar a segurança e a confiabilidade da operação. Além disso, os modais complementares podem ser utilizados de acordo com as características das cargas, como peso, volume, perecibilidade e urgência da entrega.

Outra vantagem dos modais multimodal e intermodal é a possibilidade de utilizar a infraestrutura disponível de forma mais eficiente. Por exemplo, um contêiner pode ser transportado por caminhão até o porto, onde será embarcado em um navio para atravessar o oceano, e depois transportado por caminhão novamente até o destino final. Dessa forma, o contêiner aproveita a capacidade de diferentes modais, reduzindo o custo e o tempo de transporte.

Para a utilização das modalidades de transporte multimodal e intermodal é necessário um planejamento eficiente e um bom gerenciamento da operação. Isso envolve a escolha dos modais mais adequados, a definição dos pontos de transbordo, o gerenciamento dos tempos de transição e a coordenação entre os diferentes operadores de transporte. Além disso, é necessário considerar as regulamentações e as normas específicas de cada modal e país.

Resumo

Em resumo, os modais de transporte são essenciais para a movimentação de pessoas e mercadorias em todo o mundo. Cada modal apresenta vantagens e desvantagens, e a escolha do melhor modal depende de diversos fatores. As modalidades multimodal e intermodal oferecem vantagens em relação aos modais isolados, como a redução do tempo e do custo de transporte e a utilização mais eficiente da infraestrutura disponível.

Porém, é necessário um planejamento eficiente e um bom gerenciamento da operação para utilizar esses modais de forma adequada.